Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

maga rosa

Oficina de artes esotéricas e criativas.

maga rosa

Oficina de artes esotéricas e criativas.

16
Mai20

As terapeutas cá de casa...

por maga rosa

As terapeutas cá de casa1....jpg

 

Aqui estuda-se hipnose.

Estará ela a dormir ou hipnotizada?

Quer-me parecer que é coisa da Joaninha… Com aqueles olhos hipnóticos, não sei não…

 

(…enquanto isso, vou eu espreitando através do vidro e tirando fotos à socapa…)

 

As terapeutas cá de casa3....jpg

 

Afasto-me uns segundos e quando volto é isto. Ela é hipnose, ela é massagens. Aprendeu bem a lição, está visto.

 

Ausento-me mais um pouco…

 

As terapeutas cá de casa4....jpg

 

 …e na volta já encontro duas.

 

Oh Mia, isso são modos?

As terapeutas cá de casa5....jpg

 

Vou embora satisfeita, mas a curiosidade, que não mata o gato mas é forte como um íman e lá volto eu de novo…

As terapeutas cá de casa6....jpg

Outro?! Só cá faltava o Sebastião!

 

(a energia ali é poderosa, só pode)



💜

29
Abr20

Quarentena - dia 47

por maga rosa

quarentena - dia 47.jpg

O dia de hoje foi cheio de surpresas. Que a Helena tenha feito anos, isso não é surpresa nenhuma. Há 26 anos que sei que este é o dia dela e é um dia sempre especial (pelo menos para mim). E que tem boas amigas também não é surpresa nenhuma. Ela é uma boa menina pelo que ter boas pessoas à sua volta é perfeitamente natural. Nós atraímos na medida daquilo que emitimos. Se a vibração é boa, só podemos atrair boas pessoas. Agora, descobrir que a Milka (a nossa cadelinha) sabe ler, isso sim foi uma tremenda surpresa. Então não é que ela olhou para a caixa dos chocolates da Milka e achou que era para ela? Viu o nome dela na tampa da caixa e vá de abrir e lamber os corações doces. Pudera, são tão bons!

 

Bem, estou a contar-vos isto como alerta. Todo o cuidado é pouco no que toca a chocolates e cães. O chocolate é altamente tóxico para estes animais e não pudemos facilitar de modo algum. No caso, a Helena distraiu-se por breves momentos deixando a caixa em cima da cama e quando olhou, a sua amiguinha tinha levantado a tampa e possivelmente comido um e lambido uns tantos. Já só a viu a lamber a boca. Entrou em pânico e telefonou à amiga que trabalha numa veterinária, que por sua vez ligou à patroa. Felizmente foi tudo muito rápido e tivemos alguém a aconselhar-nos o que fazer. Meti-lhe uma colher de sal pela boca dentro e ela nem um minuto depois e estava a vomitar o que tinha comido. Não houve consequências, felizmente. Fica o alerta para quem está desse lado. Não facilitem com os vossos amigos de 4 patas. Chocolate pode fazer muito mal aos cães.

 

Para terminar o dia em beleza, ao sair à porta de casa, a filhota teve uma bonita surpresa (a juntar a outras que tinha tido pela manhã). Encontrou um bolo à porta, o carro decorado com balões e um enorme peluche lá dentro. E escondidas atrás de um carro, as duas amigas (e colegas da dança) que lhe prepararam a surpresa com a ajuda da irmã. Um gesto muito bonito, sobretudo num momento como este, em que nos pedem afastamento social. E sim, elas mantiveram-se afastadas. Não houve abraços e beijinhos, eu vi da varanda. No fim de contas, são as relações humanas (e não só humanas), que contam. São os gestos de carinho. As pequenas atenções. O tentar fazer os outros felizes. É isso o mais importante. É isso que faz a vida valer a pena. Nós não somos uma ilha deserta.

quarentena - dia 47a.jpg

🍀

23
Abr20

Quarentena - dia 41

por maga rosa

Energia boa esta com que fui recebida às 7h da manhã, na minha varanda virada para o nascer do sol. A mãe natureza é sábia e é madrugadora. Até os pássaros se juntam e fazem um bailado para a homenagear. E as minha árvores têm mais magia àquela hora e vistas dali.

Quarentena - dia 41.jpg

Quarentena - dia 41a.jpg

Hoje saí um pouco à rua. Com as devidas precauções e afastamento social, claro está. Em tanto tempo foi a primeira vez que meti os pés para lá da porta da entrada, que quase me tinha esquecido de como é andar lá fora. Nem para ir às compras ou coisas tão simples como levar o lixo, pormenores de que a filha se tem encarregue. Mas hoje fiz o meu passeio “higiénico” como dizem os senhores lá de cima e valeu por mais uns tempos fechada em casa. 

 

🍀

19
Abr20

Quarentena - dia 37

por maga rosa

Quarentena - dia 37.jpg

 

Hoje o Sol deu o ar da sua graça por aqui. A energia é logo outra e a vontade de ir apanhar ar aumenta. Como não se pode sair como queremos, vai-se lá para fora cá dentro. Para o quintal, onde os nossos poucos metros quadrados de espaço verde valem ouro. Ou valem bem o ar que respiramos. Puro e cheio de vitamina D. Pelo menos isso. E ainda se comem umas nêsperas, já quase tão amarelas como um sol de Verão. Eu gosto delas bem douradas. Há quem aqui, mal ganhem uma corzita e já lhes chama um figo. E que saudades eu tenho de uma barrigada de figos comidos directamente da figueira. (suspiros)

 

🍀

02
Abr20

Quarentena - dia 20

por maga rosa

Quarentena - dia20.jpg

 

Balanço do dia: 2 em casa e três a trabalhar fora.

 

Depois da tempestade vem a bonança. Depois de um dia chuvoso, frio e até granizo, veio o sol para nos aquecer a alma e renovar a esperança.

 

Deu para aproveitar o quintal, fotografar as poucas flores em flor que sobraram do ano anterior e sobreviveram ao Inverno. A pandemia antecipou-se aos meus trabalhos de jardinagem e não cheguei a arranjar plantas novas para completar os espaços vazios. É o que há e sou grata por isso.

O marido aproveitou para cortar uns ramos da copa do araçazeiro para o Sol entrar. As plantas baixas agradecem.  

 

Quarentena - dia20b.jpg

 

Quarentena - dia20c.jpg

 

Quarentena - dia20a.jpg

 

Quarentena - dia20e.jpg🍀

01
Abr20

Quarentena - dia 18

por maga rosa

Quarentena - dia18b.jpg

O dia de hoje foi dedicado à cozinha e à comida. E lá foi preciso ir fazer mais umas compras de supermercado… Impressiona-me a velocidade com que a comida desaparece. Felizmente não precisamos de racionalizar os alimentos e dividir uma sardinha por 5 como noutros tempos. Contava o meu pai que, ainda criança e em consequência da 2ª guerra mundial (nasceu em 1940) a alimentação era escassa e obtinha-se através de senhas. Só se podiam comprar as quantidades atribuídas de acordo com o agregado familiar. Um dia ele destruiu as senhas e a sua família ficou sem alimentos, que por si só já eram escassos e sem os benditos papelinhos, passava-se fome a valer…

 

A Diana fez bolachinhas de garfo e eu arroz-doce. Prometido é devido e desta é que foi. Desde o aniversário (a 17) que estava em dívida para com ela. É vê-la a aviar pratinhos de arroz-doce atrás de pratinhos, decorados com canela, em dias de festas e nos outros que se sucedem (quando sobram). 

 

Quarentena - dia 18a.jpg

Quarentena - dia 18c.jpg

 

Resgatei um termo que aqui andava há quase 2 dezenas de anos, guardado nos fundos do armário por falta de utilidade. Este era da sopa e hoje é já uma relíquia, mas nos dias que correm vai dar um jeitão para a filhota Helena poder comer uma refeição quente no local de trabalho, sem precisar de sair.  

 

Quarentena - dia18d.jpg

 

E por último, mas mais importante, quero deixar uma palavra de gratidão aos bons vizinhos. Hoje, tocaram-me à campainha e dei por mim a estranhar tal coisa. É que já ninguém nos bate à porta. A rua é um deserto. Fora a música do senhor meu marido, ou os filhos da vizinha do lado a jogarem à bola no quintal, só se ouve o silêncio. E lá fui eu, hesitante, pé ante pé, como se do outro lado da porta tivesse a peste negra prestes a saltar cá para dentro… Mas, só havia um saco de favas. Favas acabadinhas de colher. Verdes como a esperança. O vizinho pousou o saco à nossa porta, tocou à campainha e foi embora. São estas pequenas coisas que nos enchem o coração (e neste caso, o estômago também)! 

 

Quarentena - dia 18.jpg

🍀

Quem é a maga rosa?

É uma alma antiga, bruxinha ou alquimista, que sabe que é o sonho que comanda a vida e que o essencial só é visível ao coração, pelo que coloca paixão em tudo o que faz, mesmo que aos olhos dos outros não passe de uma lunática. Quando desce à terra, deita cartas e lê nos astros, enquanto vai espalhando pinceladas de cor e boas energias!

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • maga rosa

    Força!Se precisares de alguma dica, cá estou para ...

  • Isa Nascimento

    Amor incondicional...

  • Sofia

    Olá,Nós aqui em casa também fizemos as nossas Um ...

  • Sofia

    Olá,Que inspiração, gostava muitoo de fazer a minh...

  • maga rosa

    É uma Rainha de metro e meio de altura (mais coisa...