Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

maga rosa

Oficina de artes esotéricas e criativas.

maga rosa

Oficina de artes esotéricas e criativas.

30
Mai23

O primeiro encontro

por maga rosa

o primeiro encontro.jpg 

 

Faz hoje anos que começou a nossa bonita história. Trinta e nove. O dobro +1 daqueles que eu tinha. (Re) conhecemo-nos no meu mês. Foi um encontro de almas amigas, ou almas amores, só pode. Não almas gémeas porque não somos iguais. Completamo-nos isso sim. Gostámo-nos e continuamos a gostar-nos. Um do outro. De nós. E de nós mesmos. Passou-se uma vida, mas parece que foi ontem, que bati com os olhos no rapaz loirinho de farda. Os meus olhos encantaram-se e o coração também.

Pena que as fotografias do dito jardim encantado só as tenho na minha cabeça. São memórias vivas, com movimento e cheiro e a cores bem marcantes. Actualmente é um jardim minimalista. Sem flores. Com cores quase monocromáticas. Estranhamente, continua a não fazer parte do meu arquivo fotográfico. Mas uma coisa está igual, o tempo. E isso remeteu-me para as ditas alterações climáticas… Foi um mês de sol, lembro-me bem. Neste dia, há 39 anos, literalmente, um raio de sol iluminou aquele que viria a ser meu namorado dias depois e marido no ano seguinte. Combinámos encontrar-nos 3 dias depois, que por mão do destino passou a terceiro encontro e não segundo… No grande dia, naquele com encontro marcado, choveu e fiquei com a roupa colada ao corpo por duas vezes. Não fosse a febre da juventude e a falta de telemóveis e teria voltado para casa. Naquele tempo as comunicações faziam-se por telepatia, mas pela via das dúvidas, achei melhor não faltar ao encontro. Queríamos, tanto eu como ele, mas sabe-se lá se a nossa história teria acabado ainda antes de começar.  

Quem é a maga rosa?

É uma alma antiga, bruxinha ou alquimista, que sabe que é o sonho que comanda a vida e que o essencial só é visível ao coração, pelo que coloca paixão em tudo o que faz, mesmo que aos olhos dos outros não passe de uma lunática. Quando desce à terra, deita cartas e lê nos astros, enquanto vai espalhando pinceladas de cor e boas energias!

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Em destaque no SAPO Blogs
pub